14/06/2016

Um dia como os outros dias




Um dia muito frio, um dia quase normal. Eu estava lendo meu livro rotineiro, como todos os dias. Meu cabelo estava preso em um rabo de cavalo, no fone de ouvido eu ouvia "Tempo perdido" da Legião Urbana, como todos os dias acontecia. Ele tinha pego o mesmo ônibus que eu, como todos os dias. Ele sentou no mesmo lugar como de rotina, e eu lia alguma parte do livro sobre a personagem que se apaixona pelo o esposo da melhor amiga. Chegou a parada em que ele sempre desce, e então, ele me lançou um olhar do tipo "adeus" e eu só fiz um sinal com a cabeça e deixei você seguir seu caminho. Era sua obrigação fazer o mesmo comigo. E não mais me trancar nos meus próprios pensamentos.




4 comentários :

  1. passando pra deixar bjinhos....

    http://pamipatel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Aw, obrigada, Luiza! Beijinhos e até a próxima ♥

      Excluir